homem de verdadeNossa cultura ensina que um homem de verdade deve ser fisicamente forte, ter muito dinheiro, falar grosso e deitar-se com a maior quantidade de mulheres que conseguir. Este não é o padrão bíblico de masculinidade.

“Ser macho não significa transar com várias mulheres. Um homem de verdade é aquele que é capaz de conquistar, respeitar e amar a mesma mulher por toda a vida”.

O grande desafio hoje é reencontrar o nosso papel numa sociedade feminina.

A mulher conquistou o seu espaço, assumiu novos papéis e participa, de maneira significativa, das decisões do lar e do país. Elas estão fazendo a diferença e escrevendo uma nova história.

No Brasil, a maioria das carteiras de trabalho assinadas são de mulheres e um grande número delas são as mantenedoras da casa. Elas também são a maioria das eleitoras e superam em muito a freqüência em nossas igrejas.

Nossos filhos são educados por elas, em casa e na escola. Elas decidem a cor e o modelo do carro, dos móveis e da casa. Decidem o lugar das férias e também escolhem nossas roupas.

Afinal de contas, para que serve o homem mesmo?

“Não é que as mulheres desejam o nosso lugar. É que tem tanto homem sem atitude, que elas decidiram assumir o papel”.

Existem em nossa sociedade dois mitos de masculinidade que desejo abordar: o emasculado e o machão.

O “emasculado” é aquele que abre mão de sua posição de masculinidade. Não se trata do efeminado (homossexual). O emasculado é geralmente frágil, inseguro e vulnerável. Muitos casamentos estão falindo porque os homens não assumem sua posição, como homens de verdade. São débeis e frouxos na hora das decisões. Perderam as rédeas, são fracos.

“A diferença entre um homem e um menino não está apenas na idade, mas nas decisões”.

Eles são quase tão doces quanto uma mulher, mas por outro lado são covardes, que se omitem do seu papel de líderes de sua família.

O “machista” é o modelo oposto do anterior. Ele é ignorante, bravo e autoritário. As pessoas o vêem como “o dono do pedaço”. Ele pensa que é um homem de verdade, mas na verdade não é.

“Humilhar uma mulher para mostrar-se “homem” é o primeiro passo para deixar de sê-lo”.

A verdade é que a mulher, assim como não se satisfaz com um homem emasculado, também não fica satisfeita com um homem machão. Mas afinal, qual é o padrão de homem segundo a Bíblia? A resposta está no equilíbrio.

O maior exemplo de liderança masculina foi Jesus Cristo. Soube tratar os pobres, e também os mestres, com a mesma humildade. Mas também expressou suas emoções, chorando quando seu amigo Lázaro faleceu e expulsando os cambistas do templo quando estes comerciavam ali.

Um homem de verdade não é aquele que se impõe pela força, sujeitando sua esposa com um autoritarismo exacerbado. Também não é aquele que não tem postura firme e que “deixa a esposa mandar”. O verdadeiro homem, dentro do padrão de Deus, é equilibrado, sóbrio (1Tm 3:2) e moderado (Tt 1:8). É firme, mas sabe ser tenro. É seguro sem ser ignorante. É forte sem perder a sensibilidade. Lidera com autoridade, mas ama com profundidade. Ele ama como Jesus amou (Ef 5:25 a 28).

“E tu dentre todo o povo procura homens capazes, tementes a Deus, HOMENS DE VERDADE”. Êxodo 18:21a

compartilhe